As facetas diretas em resina composta são procedimentos realizados em dentes que apresentam-se amplamente restaurados ou ainda com problemas de escurecimento ou de textura. Esta técnica geralmente é indicada para pequenas modificações, ou seja, um ou dois dentes a serem facetados. O preparo exige uma redução da face vestibular da cora dentária (face da frente do dente) e a quantidade de desgaste depende do grau de escurecimento do dente em questão (mais escurecido exige mais desgaste para mascarar o escurecimento). As resinas compostas atuais apresentam uma grande variedade de cores o que permite a obtenção de resultados estéticos excelentes e com ótimas propriedades mecânicas desde que a indicação de uso do material não ultrapasse seus limites (as restaurações deve ter suporte dentário). Pode ser uma ótima alternativa, por exemplo, para o caso de um dente que necessita reabilitação estética.

Incisivo lateral escurecido e com interfaces aparentes entre dente e restaurações.

Aspecto final da faceta direta em resina composta.